Rogério Santos publica livro sobre a radiodifusão na Angola colonial

O investigador Rogério Santos acaba de publicar, pela Universidade Católica Editora, o seu mais recente livro sobre a rádio na Angola colonial, “A RÁDIO COLONIAL EM ANGOLA. Festas e rifas para comprar o emissor”. O livro trata “sobre a rádio ouvida e feita em Angola durante a época colonial, do arranque de emissões em ondas curtas da Emissora Nacional (1936) à independência do país (1975). Ao longo do tempo, a radiodifusão seguiu vários caminhos: programas enviados de Lisboa, constituição de rádio governamental em Luanda e de rádios clubes, estes compostos por associações sem fins lucrativos nas várias cidades da colónia, e, no conjunto, organizações dirigidas para escolhas ideológicas a quase ignorarem a população de origem africana, vista como grupo a educar ou simplesmente subversiva. Aqui, incluo programas em línguas nacionais, a indicarem resistência política, e escuta de emissões, caso das elaboradas pelos movimentos de libertação.”

 

O livro está disponível em formato digital e analógico no site da editora aqui.

Prefácio do livro

© 2020 - Todos os direitos reservados