Rádio Diamang

A Rádio Diamang era uma estação privada sem necessidade económica da publicidade, pois era propriedade da companhia de diamantes. A rádio emitia do Dundo, cidade moderna construída na década de 1920.

Iniciada ainda em 1946 com três emissores de ondas curtas (500, 400 e 100 W), destinava-se a empregados e familiares, mas também ao país todo, ultrapassando até a fronteira. A funcionar numa região rica de cultura musical e artística, o que levou à criação de um museu, a rádio do Dundo gravou em disco e fita magnética um elevado repertório de canções da etnia chokwé (quioca) e levou-a até outras rádios, em programas previamente gravados. Registo que o património musical foi preservado e está à guarda da Universidade de Coimbra, enquanto o museu tem sido alvo de melhorias muito recentes, de modo a recuperar o brilho de outrora.


Autor: Rogério Santos, 2021.

#RádioDiamang #bibliografia

Texto original, com imagens, em https://radio.hypotheses.org/4075.

Posts recentes

Ver tudo

O padre José Silveira de Ávila (1895-1977) é uma das figuras marcantes da rádio portuguesa. No recorte de notícia (Diário de Lisboa, 8 de junho de 1939), vemo-lo como homem ligado à Mocidade Portugues

Inaugurado à pressa, em 1954, devido à ofensiva indiana sobre os territórios portugueses, o Centro Emissor Ultramarino da Emissora Nacional, situado em Pegões, dentro do perímetro do Montijo e a trint

De nome completo Armando Leonel Augusto Matos Cosme (1934- 2021), era uma das figuras mais importantes da rádio angolana no tempo colonial. Natural de Guimarães, foi com a mãe e irmãos para Angola em